Entidades de arquitetura e de engenharia pedem veto à MP 678

As entidades dos setores de engenharia e de arquitetura e urbanismo do país são críticas veementes à ampliação do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC). Em ofício protocolado na quarta-feira, 4 de novembro, na Casa Civil e na Secretaria de Relações Institucionais, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), a Apecs e outras seis instituições manifestaram à presidente Dilma Rousseff posição unânime pelo veto aos enxertos feitos à Medida Provisória nº 678/2015, que amplia o uso do RDC para as obras de mobilidade urbana, de infraestrutura logística e de sistemas públicos de ensino, pesquisa, ciência e tecnologia.

Informações Clipping

 

Confira o clipping das notícias da Apecs.

Basta digitar www.mjournal.net.br/apecs 

 

Contato

Rua Rego Freitas,289- 6º Andar Sala 61 Vila Buarque CEP:01220-010:
apecs@apecs.com.br
  +11 3221 5554
  +11 3333 4327
  São Paulo - SP